FICHA TÉCNICA

As Sombras de Si mesmoAS SOMBRAS DE SI MESMO
Autor: Brandon Sanderson
Ano de Lançamento: 2017
Nº de páginas: 336
Editora: LeYa
Compre na Amazon: Clique aqui


SINOPSE

Brandon Sanderson, um dos mais aclamados autores de fantasia da atualidade, está de volta com a aguardada Segunda Era de “Mistborn”. Muito pedida pelos fãs, esta série mostra o progresso de Scadrial, 300 anos após os acontecimentos da primeira saga, que apresentou ao público as aventuras protagonizadas por Vin, Elend, Kelsier e cia. Mas, a evolução do planeta está em risco, e caberá a Wax Ladrian lutar para garantir a harmonia conquistada a duras penas. Em As sombras de si mesmo, ele contará com a ajuda seu excêntrico comparsa Wayne, e da linda e brilhante Marasi, para desvendar a conspiração terrorista e assassina que ameaça tirar Scadrial da trilha do progresso. Admirado por nomes do quilate de George R. R. Martin, esta série confirma o talento de Sanderson para a criação de universos e sistemas de magia consistentes, além da construção de histórias de tirar o fôlego, que nenhum fã do gênero pode pensar em perder.


RESENHA – AS SOMBRAS DE SI MESMO

O tempo de heróis e lendas terminou? Será que o advento da tecnologia e progresso trouxe tanto ceticismo que não há mais espaço para mitos? A misteriosa Elendel já viveu seu tempo de brumas e glória, agora sobrou apenas vapor e ressentimento. Prepare-se para um conto sombrio envolvendo o lorde Wax e seu fiel companheiro Wayne. Muitos canos fumegantes, chicletes mascados, mentiras revelas e deuses desafiados.

As Sombras de Si mesmo

“Como era possível ouvir o zumbido de uma abelha em meio a uma tempestade”

Já faz um ano que lorde Wax, noivo de Steris, faz parte da força policial de Elendel. Seu sangue nobre e terrisiano o tornam virtualmente indestrutível. Juntando forças com seu irônico e impagável fiel escudeiro Wayne ao lado da metódica Lady Marasi, levou Elendel a um tempo de relativa paz. Mas o sossego sempre foi uma ilusão, apenas o silêncio que precede o barulho. E está chegando um tempo de mudanças. Há uma fraco equilíbrio entre nobres, trabalhadores e fiéis de diferentes credos em uma cidade que mais parece um barril de pólvora prestes a explodir, só faltava o estopim… e ele chegou! A fagulha que vai incendiar a cidade chega através de uma série de assassinatos visando desestabilizar o governo e as frágeis estruturas existentes. Fantasmas do passado de Wax retornam assim como criaturas há muito esquecidas pelo tempo.
As Sombras de Si mesmo

“Chapéus são disfarces para seu cérebro. Ajudam você a pensar como a pessoa que o vestiu por último. Quer conhecer um cara? Coloque o chapéu dele.”

Uma Kandra, antiga raça que muitos acreditam ser apenas uma lenda, está por trás do início do caos. Enlouquecida e ressentida ela resolve desafiar deus: Harmonia. Nesse teatro de criaturas com poderes inimagináveis Wax, Wayne e Marasi se tornarão meros fantoches nas mãos daqueles que tudo podem. Não há protagonismo, vencedores ou perdedores. Apenas vingança e morte em meio à brumas que relutam em estar presentes. Uma “Era” esquecida há trezentos anos, lembrada apenas através de histórias e monumentos, ganhará vida, e Elendel jamais será a mesma.
As Sombras de Si mesmo

“É o que acontece quando se tem a eternidade, criança – Fica muito mais fácil procrastinar.”


SENTENÇA

O segundo volume da conhecida “segunda Era” da aclamada série Mistborn de Brandon Sanderson, adota um tom mais pesado e sombrio. Acompanhamos a caminhada e amadurecimento do cada vez mais ressentido Wax assim como descobrimos um pouco mais sobre o passado do hilariante Wayne, que nesse livro não é tão coadjuvante como no volume anterior (A liga da Lei). No mais, todos os elementos que fazem Sanderson arrastar uma legião de fãs por onde passa estão presentes. Mistério, cenas de ação eletrizantes, piadas pertinentes, viradas de trama, sistema de magia elaboradíssimo e uma construção de mundo em outro patamar. Um história curta, direta e pesada onde nos perguntamos ao final: ainda existem heróis na terra?

Comentários