FICHA TÉCNICA

Capitão América - O Soldado InvernalCAPITÃO AMÉRICA – O SOLDADO INVERNAL
Autor: Ed Brubaker
Ano de Lançamento: 2010
Nº de páginas: 308
Editora: Panini
Compre na Amazon: Clique aqui


SINOPSE

Abalado pela dissolução dos Vingadores, o Capitão América agora se vê diante de estranhas lembranças de seu próprio passado, da época da 2ª Guerra Mundial. Para piorar, o surpreendente assassinato do Caveira Vermelha traz à tona uma lenda da Guerra Fria. Mas quem é o Soldado Invernal? A resposta a essa pergunta mudará para sempre a vida da Sentinela da Liberdade.


RESENHA – CAPITÃO AMÉRICA – O SOLDADO INVERNAL

Ele é um herói americano. Lutou na Segunda Guerra Mundial. Símbolo da liberdade. Viu sangue e mortes sem nunca se abalar. Ele morreu e retornou a vida. Não estamos falando do Capitão América, sim de seu fiel companheiro Bucky Barnes que retornou dos mortos como um soldado infernal… ou seria Invernal?

Capitão América - O Soldado Invernal

Os Vingadores foram desfeitos. Steve Rogers (Capitão América) anda passando por sérios problemas emocionais e suas atitudes estão cada mais mais “erráticas” e violentas. A SHIELD está de olho no sentinela da liberdade. Esse seria o pior momento da vida de Rogers para o surgimento de sombras do passado. O Caveira Vermelha está de volta e em posse de um Cubo Cósmico (objeto capaz de tornar qualquer desejo em realidade), assim como antigos aliados russos do Capitão América na Segunda Guerra. O poder de mudar o mundo está trocando de mãos e uma série de assassinatos cometidos com perfeição andam chamando a atenção da SHIELD. As mortes possuem ligação com o já perturbado Steve, e ele é tragado para um espiral de violência e mortes que revelarão algo que irá mudar para sempre a sua vida.

Capitão América - O Soldado Invernal

Bucky Burnes está de volta. O jovem fiel escudeiro de Steve Rogers dado como morto na Segunda Guerra Mundial, retornou dos mortos. Seu corpo foi resgatado nas frias águas do Canal da Mancha pelos Russos e eles trabalharam com sua mente e corpo até transforma-lo na máquina perfeita de guerra. A lenda do “Soldado Invernal”, um agente ativo durante a Guerra Fria usado paulatinamente para executar e pender o fiel da balança para a extinta União Soviética sempre que preciso. Mas ele se tornou uma arma descontrolada, assim uma última missão lhe foi confiada. Só que a mesma levará ao encontro do seu melhor amigo. E só haverá uma opção: matar ou morrer!
Capitão América - O Soldado Invernal


SENTENÇA

Considerado por muitos o melhor arco de histórias já vista na vida do Capitão América, essa aclamada fase do escritor Ed Brubaker fez por merecer tal honraria. Explorando a mente do sentinela da liberdade como poucos fizeram no passado e criando uma história com um tom de suspense/policial até o último minuto, Brubaker “fez história”. Ressuscitando um herói do passado e executando outro, a revista possui mortes, sangue e um tom mais adulto que o normal da cronologia do Capitão. Para abrilhantar ainda mais esse encadernado, que compila quatorze edições mensais, a história é repleta de flashbacks de ações e situações vividas por Steve Rogers durante a Grande Guerra. A arte de Steve Epting, apesar de não primorosa, cai como uma luva neste arco. Se você é fã do Capitão América e ainda não leu essa história você está totalmente por fora.

Comentários