FICHA TÉCNICA

CORAÇÕES NAS SOMBRASCORAÇÕES NAS SOMBRAS – PRESSÁGIOS DE GUERRA #1
Autor: Allan Francis Salgado
Ano de Lançamento: 2016
Editora: Chiado
Nº de páginas: 736
Compre: Clique aqui


SINOPSE

Quando eu olhei através do passado eu finalmente compreendi o que você entenderá aos poucos. Ver a queda e extinção dos centauros por sua sede de poder foi apenas o estopim de algo maior, pois o mal que despertaram no mundo inferior (Agonia) embora selado por Círdan o elfo, desencadeou uma série de acontecimentos que narro para ti. Aquilo bastou para que Goldax o imortal que liderou os orcs por duzentos anos encontrasse um mestre que lhe prometeu libertar os orcs de seu exílio. Depois de sua derrocada, o dragão negro ressurgiu havido por poder e adoração, a ponto do rei dos dragões lhe temer. A Casa de Prata com intenções desconhecidas começou a roubar um a um os talismãs de Ifíanor. O mundo aos poucos começou a odiar os magos seus antigos benfeitores e uma mente brilhante surgiu com a finalidade de equilibrar as coisas, mas ele não sabia que seus atos acarretariam uma guerra sem fim. Então meu amor, meu confidente e meu amante, se lhe conto sobre o passado é para que você entenda o meu papel no presente e o porquê de termos nos separados. Escolhi nomear este relato de Corações nas Sombras e acredito que você entenderá o motivo.


RESENHA – CORAÇÕES NAS SOMBRAS – PRESSÁGIOS DE GUERRA #1

Imagine o Mickey Mouse em cima de uma montanha comandando os astros e os mares regendo sua sinfonia na animação “Fantasia” de 1940. Agora substitua o simpático ratinho pelo escritor Allan Francis com sua caneta na mão regendo e harmonizando todos os elementos fantásticos possíveis em uma incrível aventura sem perder o tom. Como um maestro seguro de sua melodia ele nos leva a colocarmos nossos corações nas sombras e nos deleitarmos na luz de sua história

CORAÇÕES NAS SOMBRAS

“O tolo peca pela falta falta de percepção, o distraído pela percepção do desnecessário, o inconsequente por dar valor em excesso à sua percepção. Somente o sábio vê e mergulha em sua percepção, sempre desconfiado achando que não viu tudo.”

Existe uma frágil harmonia na terra de Ifianor. Reinos distintos compostos por guerreiras, dragões, elfos, anões, humanos, centauros quase extintos, meio-dragões e seres rastejantes gravitam em torno de um Alto Conselho criado há centenas de anos atrás após uma guerra entre os habitantes de ambos os continentes deste mundo contra orcs e demônios que quase partiu a terra ao meio. A paz foi obtida através de muito sangue, sacrifício e do exílio dos oponentes em outra “realidade” chamada de Agonia outrora aberta pelos centauros. Esse mundo paralelo se tornou uma prisão protegida através de um selo mágico inquebrável criado pelo líder deste Alto Conselho. Inquebrável, até então. Uma série de ataques misteriosos visando a obtenção de seis talismãs mágicos espalhados em vários reinos para a consolidação de um poder que consiga romper este lacre põe em xeque toda a suposta segurança de Ifianor.

CORAÇÕES NAS SOMBRAS“A morte quando certa, sempre vem com um olhar conhecido e com julgamento.”

Reside nos ombros dos membros de quatro jornadas a esperança de Ifianor. A poderosa maga Selene e seu companheiro o chefe da guarda enlutado Alfris correndo atrás de um talismã roubado. A princesa prometida e estudante de feitiçaria Alásia e seu companheiro de estudo o elfo Ilron que partirão em uma corrida mortal para proteger um dos talismãs restantes. Leon chefe da guarda de uma cidade portuária com sua tenente de confiança Sarah e o misterioso elfo de olhos cinzas Cogar que lidarão com Orcs que estão dizimando ilhas sob o comando do lendário Goldax e de uma misteriosa maga desfigurada e canibal. Os irmãos Tallis e Itzanami pertencentes a uma ordem religiosa da “Sociedade dos Viajantes”  terão que enfrentar um majestoso dragão negro indestrutível que anda recrutando outros dragonetes e proclamando-se um deus. Esse quatro núcleos citados, assim como uma infinidade de componentes neste intricado tabuleiro mágico como Gael um mestre engenheiro trazendo razão e ciência para este mundo enfeitiçado, Tanor, um ex-segurança do chefe do Alto Conselho que foi para o lado negro da força e Draconia o continente isolado dos dragões, irão se cruzar em um mortal e inesquecível combate.
CORAÇÕES NAS SOMBRAS

“A melhor vitória é aquela que não precisa ser travada.”


SENTENÇA

O livro de estreia de Allan Francis impressiona. Uma obra de pretensões, proporções e realizações colossais! Em suas mais de setecentas páginas, o que em uma diagramação “normal” e fontes maiores dariam mais de mil, o autor nos deleita com uma homenagem a Fantasia. Aventura, batalhas fantásticas, magia, raças, geopolítica, reinos, dimensões, romance, traições, sexo, violência, terror e muito mais com uma pegada sensual e provocativa. Um “tour de force” inegável e inquestionável. Sem dúvida essa edição merecia um tratamento editorial mais digno, e o final com tantas pontas soltas para uma continuação que já faz dois anos e ainda não saiu desanimam, mas nada que estrague o peso e a força desta maravilhosa história. “Corações nas Sombras” é uma pedrada no olho!

Comentários