13 REASONS WHY

Data de lançamento: 31 de Março de 2017 (650 min)
Direção: Carl Franklin, Gregg Araki, Helen Shaver, Jessica Yu, Kyle Patrick Alvarez e Tom McCarthy
Elenco: Dylan Minnette – Clay Jensen, Katherine Langford – Hannah Baker, Alisha Boe – Jessica Davis, Amy Hargreaves – Lainie Jensen, Brandon Flynn – Justin Foley, Christian Navarro – Tony, Derek Luke – Sr. Porter, Devin Druid – Tyler Down, Henry Zaga – Brad, Justin Prentice – Bryce Walker, Kate Walsh – Sra. Baker, Mark Pellegrino – Officer Standall, Miles Heizer – Alex Standall, Ross Butler – Zach Dempsey
Gênero: Drama
Nacionalidade: Estados Unidos

SINOPSE E DETALHES

Baseada no best-seller de Jay Asher, a série original Netflix 13 Reasons Why acompanha Clay Jensen que, ao voltar da escola, encontra uma caixa misteriosa com seu nome na porta de casa. Dentro dela, ele encontra fitas-cassetes gravadas por Hanna Baker – sua colega de classe e paixão secreta – que cometera suicídio duas semanas antes. Nas fitas, Hanna explica as treze razões que a levaram à decisão de acabar com a própria vida. Será que Clay foi uma delas?

Trailer:



CRÍTICA

13 Reasons Why é a mais nova série de sucesso da Netflix, desta vez em parceria com a Paramount e baseada no livro Os Treze Porquês de Jay Asher que conta a história de vida e morte de Hannah Baker. Uma jovem, que após sofrer uma série de ataques de seus colegas de escola, incluindo bullying, abusos e difamação, se vê tentada a cometer suicídio não suportando mais o peso que recaiu sobre si. Antes de morrer Hannah deixa uma série de gravações em fitas, relatando precisamente os treze motivos que a fizeram trilhar este caminho. Responsável por enviar as fitas a cada um dos jovens que influenciaram o suicídio e monitorando essa triagem, um amigo da jovem fica à cargo de honrar seu último desejo.

A série inicia no momento que Clay Jensen – atual portador das fitas -, começa a ouvir as gravações da garota e é levado para uma cadeia de reflexões sobre sua conduta. Além de enxergar experiências através de um ponto de vista singular da vítima e reviver sua paixão por Hannah. Ao decorrer das fitas, o garoto vai se aprofundando no drama e se vê num turbilhão de conflitos internos e externos, acentuando suas decepções e até mesmo mirando uma justiça falha como maneira de reparação. Todavia, fica claro que Clay também está inserido na lista e, portanto, é um dos “motivos” que tornaram este pesadelo real.

Cada episódio remete a um “porquê”, e aqui entra um dos grandes acertos do seriado. A montagem e edição são muito bem feitas, e como num jogo de quebra-cabeças, os episódios vão se unindo e formando um mosaico deturpado sobre bullying, abusos e negligências. As alternâncias entre passado e presente são montadas com precisão. Outro ponto de grande destaque são os personagens e seus respectivos interpretes. Todos possuem seus momentos de dubiedade e valor dentro da série, e mesmo aqueles que são citados nos primeiros episódios, voltam nos subsequentes com ainda maior grau de construção.

Não é correto julgar um todo pela parte. 13 Reasons Why sofre com este elemento. Os primeiros episódios são um pouco lentos demais, passando a sensação de um seriado voltado muito mais ao público jovem, estilo “malhação”. Mas, não se engane, da segunda metade em diante o cenário muda, e somos arremessados a um novo nível psicológico. E aqui entra a qualidade dos atores, que souberam trabalhar muito bem dentro deste giro dado pelo roteiro. O que inicialmente propõe que os motivos que levaram Hannah ao suicídio são “corriqueiros”, transformam-se em eventos bizarros, que mostram a faceta humana já conhecida do egoísmo, egocentrismo, perversidade e negligência. Os atores vão junto e mergulham em seus papéis de maneira coerente.

13 Reasons Why - NetflixResta saber qual será o futuro da série, visto que uma segunda temporada está claramente já garantida devido ao seu sucesso. Ao meu ver, a primeira temporada poderia e deveria ser a única. A série é sobre a vida e morte de Hannah, e é disto que ela trata. O desenvolvimento é muito bom, e com um pouco mais de vigor, seu desfecho estaria à par do que se propõe. Talvez, mais um único episódio serviria para unir as pontas, sem a necessidade de uma nova empreitada. Mas, de qualquer forma, certamente verei a continuação.


SENTENÇA

13 Reasons Why é uma série pesada que trata de temas importantes e polêmicos que nos traz indignação em diversos momentos. As cenas mais fortes são como um soco no estômago do espectador, e mesmo que o final seja explicito, os motivos que o levaram à ele são angustiantes.

Comentários