FICHA TÉCNICA

Desafiando a MorteDESAFIANDO A MORTE (MESTRE DA GUERRA #2)
Autor: David Gilman
Ano de Lançamento: 2016
Nº de páginas: 464
Editora Novo Século
Compre AQUI: Clique Aqui


SINOPSE

Na sangrenta batalha de Crécy, Thomas Blackstone e seus companheiros arqueiros mantiveram-se firmes e fizeram chover morte sobre a poderosa cavalaria francesa. Agora, Blackstone não é mais arqueiro; é um homem de armas, intitulado Sir Thomas pelo rei inglês. Casado com Christiana e pai de dois filhos, construiu um lar num pequeno feudo ao norte da França. As feridas da guerra, porém, ainda sangram. Um traidor se alia ao rei francês, tecendo uma rede de armadilhas para atrair os amigos e a família de Thomas. Ele será obrigado a mais uma vez mostrar sua maestria no campo de batalha, num combate tão memorável quanto mortífero. Blackstone desafia o inimigo, o rei e até mesmo a própria morte. Mas não pode desafiar seu destino.

 


RESENHA –  DESAFIANDO A MORTE (MESTRE DA GUERRA #2)

Até o mais honrado dos homens, tem a sua parcela de crueldade. Cada ato, cada batalha, tem um preço a ser pago. Os fantasmas do passado de Blackstone estão de volta para atormenta-lo e cobrar o que lhes é devido. Chegou a hora do inglês lutar contra seus piores temores, e enfrentar seu destino.

Desafiando a Morte

“Mil vozes ou mais rugiram quando os quatro cavaleiros avançaram. Blackstone urgiu seu cavalo à frente. Todos esses anos derramando sangue o trouxeram até ali ”

Blackstone já com certo poder consolidado e uma forte aliança entre os Lordes Normandos e Ingleses torna-se um dos maiores carrascos do rei Frances. O ex-arqueiro vive em seus domínios com Christiana e seus filhos em relativa paz. Mas a tranquilidade de Sir Thomas Blackstone, não durará muito tempo. Agora ele tem que se preocupar com um traidor entre seus aliados, e o Rei John da França que não pouparam esforços, para usar qualquer meio de acabar com o Famoso Sir Thomas Blackstone. Mas essa não será a única preocupação do inglês, que deve enfrentar a ira de deus ganhando forma em um dos piores inimigos que ele já viu.

Desafiando a Morte

“Blackstone ergueu seu escudo e, por mais cortado e marcado que estivesse, sua proclamação, desafiando a morte, ainda podia ser vista. Blackstone sacou a Espada do Lobo e avansou, sem grito de guerra, sentindo o frio de seu próprio ódio.“

Nesse segundo volume encontramos um foco maior em personagens marcantes, desde antagonistas cruéis e meticulosos, à homens que dariam a vida pelo Inglês. Se antes Thomas cuidava de seu irmão agora ele cuida de sua família, e o povo de suas terras. O Autor teve muito cuidado ao cadenciar os arcos históricos à trajetória de Thomas.

 Dessa vez Gilman conseguiu algo novo, ele nos joga um balde de agua fria; com cenas que dão aperto no coração, onde nossas próprias mãos parecem estar sujas de sangue, apenas por ler tais atrocidades

Desafiando a Morte

“Não estou aqui para construir um muro, mas um dia eu vou derrubá-lo se eu tiver a chance”


SENTENÇA

Com um trabalho excepcional de pesquisa, Gilman entrega uma trama mais madura e realista, onde atos do passado de Blackstone, dão vida a história. Em diversas vezes perdemos o folego, com descrições que vão ganhando vida em cada página, nos transportando diretamente para o coração da batalha. Em um ritmo alucinante, David Gilman manteve o nível de qualidade histórica e fictícia lá em cima, superando todas as expectativas com essa obra-prima. Sem dúvida, um dos melhores livros de ficção histórica dos últimos tempos.

Comentários