FICHA TÉCNICA

PlutoPLUTO VOLUME 1
Autor: Naoki Urasawa
Ano de Lançamento: 2017
Nº de páginas: 200
Editora: Panini
Compre na Amazon: Clique aqui


SINOPSE

Em um mundo onde humanos e robôs coexistem, o poderoso robô Mont Blanc foi destruído. Ao mesmo tempo, um importante ativista protetor dos direitos dos robôs é assassinado.
Os dois incidentes apresentam algo em comum nos locais dos crimes: chifres colocados nas cabeças das vítimas. Gesicht, um competente investigador da Europol, está prestes a enfrentar o mais tenso e complexo trabalho de sua carreira, no qual ele também é uma vítima em potencial: um dos robôs mais poderosos do mundo!


RESENHA – PLUTO

O que nos faz humanos? A capacidade de raciocinar? Sentimentos e empatia? Ou apenas a natureza nos define? E se eu disser que haverá um tempo onde nem a biologia saberá definir o que é humano ou não? Nesse aclamado Mangá você presenciará esta “era” repleta de androides humanos, humanoides “robóticos”, super-máquinas e um estranho agente policial que está se revoltando contra tudo isso!

O mundo não é mais o mesmo faz tempo. Máquinas e Inteligências Artificiais habitam entre nós de forma consciente e por vezes imperceptíveis. Sejam nos afazeres domésticos, como seguranças, protetores ou até mesmo heróis, esses grandes robôs e androides são parte da realidade. Algumas máquinas de tanto imitar os humanos acabam desejando mais, seus sentimentos e conquistas. A capacidade de criar, amar e se emocionar. Nessa inusitada e melancólica realidade existem aqueles que não veem com bons olhos a ascensão e importância destas máquinas. Alguns protestam com cartazes, outros com a força bruta. Porem, quando um grande astro robô é assassinado as coisas começam a fugir do controle.

Gesicht está cansado. Cansado de se questionar, cansado do trabalho e cansado do suposto amor “cibernético” por sua esposa. Ele é um robô investigador da Europol precisando de férias! Com seu corpo e circuitos à beira de um colapso nervoso ele queria sombra e água fresca mas terá que enfrentar pela frente o mais difícil caso de sua carreira. Solucionar uma série de atrocidades cometidas contra robôs que são astros nacionais. Um “serial-killer” está dizimando ídolos e enfraquecendo a confiança mundial na infalibilidade destas criações. Na mira do assassino parece estar a maior estrela robô que a humanidade já conheceu: Astro Boy! E caberá a Gesicht a incumbência de impedir isso.


SENTENÇA

Essa série criada por Naoki Urasawa e Osamu Tezuka vêm arrebatando uma legião de admiradores por onde passa. Com um clima estilo “Blade Runner” e seus replicantes, esse volume serve como um grande prólogo cheio de suspense do que vem por aí. Com uma arte fenomenal e uma narrativa repleta de cenas que emocionam é completamente compreensível a fama que este Mangá está gerando. Uma trama melancólica e por vezes sombria. Não imagino como essa história poderia começar melhor, e nem sei como se encerrará, mas com certeza pretendo acompanhar até o final!

Comentários